Pauling criador da dieta ortomolecularA Dieta Ortomolecular que conhecemos atualmente baseia-se no programa nutricional desenvolvido pelo americano Linus Carl Pauling na década de 60, quando estudava sobre a importância da alimentação na prevenção de doenças. Pauling foi químico quântico, bioquímico e pesquisador médico, recebeu dois prêmios Nobel, no ano de 1954 o Premio Nobel de Química e no ano de 1962 o Prêmio Nobel da Paz, e seu nome consta na lista dos 20 cientistas mais importantes de todos os tempos. Foi Pauling quem criou o termo “ortomolecular” no ano de 1968, que deu origem a medicina ortomolecular, que ainda hoje é rejeitada por alguns médicos adeptos a medicina tradicional.

 

Com todas estas credenciais podemos afirmar que a dieta ortomolecular tem bases sólidas em pesquisas e experimentos científicos, uma vez que não está preocupada somente com a perda de peso, mas sim com o equilíbrio nutricional e energético do organismo, sendo o emagrecimento apenas um efeito natural do equilíbrio orgânico. A dieta prevê o consumo de todas as classes de nutrientes, além de prescrever suplementos de minerais e vitaminas.

 

A alimentação da dieta ortomolecular é bastante balanceada, e a prescrição dos alimentos e a composição do cardápio são diferentes de acordo com cada profissional, contudo algumas regras básicas são seguidas, desta forma não é permitido na dieta ortomolecular a ingestão de gema de ovo, carne vermelha e alimentos industrializados. Na última refeição também é proibida a ingestão de carboidratos. Há uma grande preferência por alimentos classificados como antioxidantes, alimentos frescos, proteínas com baixo teor de gordura, aves, peixes e clara de ovo e pelos carboidratos integrais, além de muita água durante o dia.

 

São muitos os benefícios obtidos para o organismo através da dieta ortomolecular, sendo ideal para quem procura mais do que beleza física, mas também a saúde integral do organismo. A alimentação balanceada, prescrita pela dieta, fornece ao organismo os nutrientes necessários para uma vida saudável e com energia, além disso os complementos nutricionais com vitaminas e minerais repõem os elementos que estão em defasagem em nosso organismo. Como resultado temos não só um corpo mais magro e elegante, mas também cabelos bonitos, sedosos e brilhantes, unhas fortes, a pele bonita e saudável e o mehoramento total do funcionamento do nosso organismo, com destaque para o melhor funcionamento do intestino e do aparelho circularório, prevenindo problemas cardiacos.

 

A dieta ortomolecular é considerado um programa desenvolvido com base na alimentação que busca reencontrar o equilibrio organico de cada individuo, por isso não existem receitas prontas, e cada paciente recebe uma orientação de acordo com suas necessidades, baseadas no resultado de exames clinicos.

{ 1 comentário }